Seguidores

26 março, 2012

Antepassados, ritual de gratidão


Hoje sonhei que tinha uma câmera digital que fotografava não a imagem que eu via e sim o passado daquele lugar, os primeiros objetos, as primeiras pessoas viveram ali... como se a energia deles continuasse a impregnar tudo em volta. Desse sonho me veio a necessidade de falar da importância de honrar os nossos antepassados, como isso é feito por diversas religiões e que deveríamos realizar rituais frequentemente para agradecer as bençãos recebidas daqueles que nos antecederam para que as gerações seguintes recebam também essa energia de gratidão.

Honrando os antepassados na visão do Xamanismo

É a oportunidade de honrar nossos ancestrais, de emanar Luz, Amor, Conforto e Sabedoria para com eles, porquê na verdade, estamos fazendo isso para nós mesmos. Amanhã seremos os antepassados de nossos filhos. Na nossa genealogia os antepassados são as raízes. Se ela estiver bem regada, bem cuidada, os filhos e netos prosperam em todos os sentidos e tudo seguirá o perfeito fluxo da Natureza Cósmica Universal.

"Honrar e agradecer a vida e ao passado é a pedra filosofal para a devida compreensão de nosso presente e do nosso futuro!"

Honrando os antepassados na visão do Budismo

Quando pensa que todas as ações dos nossos ancestrais estão guardados como semente em nossos corações, não podemos negar este interrelacionamento, é por demais profunda e exata a ligação. O culto ao antepassado é a expressão da nossa gratidão às graças recebidas e o compromisso de fazer germinar e desenvolver estas sementes. Conseguiremos: através da gratidão e retribuição às graças recebidas, além de praticar decisivamente o caminho de Bodsattva sacrificando pela humanidade. E esforçar-se para deixar boas sementes aos descendentes. Este é o significado profundo do culto aos antepassados. O ato de ofertar flores, luz, incenso, água, alimentos e entoarmos o Sutra resume em através deste culto aos antepassados dirigir gratidão retribuindo às graças recebidas e dedicam à prática do caminho de Bodsattva para que a semente do bem germine nos nossos descendentes, além de levar à purificação de suas a mas. Se pensarmos dessa maneira, concluiremos que o culto aos antepassados é o básico para expressar a nossa gratidão às graças recebidos, assim como é o básico para a prática diária do caminho do Bodsattva. Por isso, a oração aos antepassados deve ser praticada diariamente. Eu sinto que o antepassado é o meu espelho. Assim, diante do meu altar familiar, quando estou em oração sinto que com os ancestrais e toda minha alma vibra automaticamente surgindo sentimentos de gratidão dizen- do: "Muito obrigado por mais esta oportunidade de acumular virtudes de familia"  (Shigueo Kamata Professor e Doutor em Literatura da Universidade de Tokyo)

Honrando os antepassados na visão Celta


Samhain ocorre no ápice do Outono, 31/10 no hemisfério Norte e 01/05 no hemisfério Sul. Marca  o início de um novo período e um novo recomeço em nossas vidas. Homenageie a memória dos antigos preparando alimentos de sua preferência e contando suas histórias aos seus descendentes. Ao anoitecer, acenda velas nas janelas da frente de sua casa, em sinal de respeito aos seus antepassados.

"Invocação aos Ancestrais

“Vocês que andaram nesta terra antes de nós,
Cujos corpos, mentes e espíritos
Deram forma aos nossos corpos, mentes e espíritos.
Vocês que andaram neste caminho antes de nós,
Cujas vidas têm feito a nossa vida possível.
Sejam três vezes abençoados... Slàinte!”

Faça uma oferenda aos antepassados. Sugestão: flores. E diga:

“Ouçam-nos, antepassados e ancestrais... Aos nossos avós e amados que já se foram, parentes de sangue e de coração. Sejam todos bem-vindos!”

Compartilhe uma comida que os antigos gostavam, conte ou escreva alguma história sobre os seus antepassados."

Honrando os antepassados na visão da Seicho No ie

Culto aos Antepassados
Orar pelos antepassados é transmitir o sentimento de amor e gratidão àqueles que nos antecederam.
“A Vida de todo ser humano está ligada aos antepassados, se não agradecermos às raízes da Vida, seremos como a flor amputada do caule: por mais que seja bela e vistosa, logo murchará e secará.” Seicho Taniguchi.


fontes:http://www.xamanismoancestral.com.br/rituais.html
http://www.rkk.org.br/Ensi13_Cult.html
http://www.templodeavalon.com/modules/smartsection/item.php?itemid=23
http://www.sni.org.br/culto_antepassados.asp


Nenhum comentário:

Postar um comentário